Dissecando o jogo de Setúbal

Quando os jogos são muito “quentes”, como foi o Setúbal – Sporting deste domingo,  prefiro esperar pelo dia seguinte, para a frio tecer a análise à partida da forma o mais imparcial possível. Se há coisa que não tem faltado a este jogo é uma série de teorias, sobre aquilo que foram ou não erros. A minha visão é esta:

Vamos aos lances:

Minuto 30: Adrien introduz a bola na baliza adversária. O golo é mal anulado, o 23 do Sporting estava claramente em jogo no momento do cabeceamento de Slimani.

Minuto 34: Slimani faz o 1-0 para o Sporting. O lance é muito difícil de ajuízar. Em tempo real, fica a sensação que a bola entra de facto na baliza, mas mesmo 24 horas depois do jogo, não há qualquer imagem (nem da Sportv nem de qualquer outro orgão de comunicação social) que mostre de facto se a bola passou ou não a linha de golo. O lance é de tal forma difícil, que não o posso considerar como erro a favor ou contra o Sporting.

Minuto 85: Penalti para o Sporting por alegada falta sobre Capel. Isto é um daqueles penaltis à Porto, que a favor do FCP é invariavelmente marcado, mas que para mim não o é. Há um série de ex-árbitros, entre os quais Pedro Henriques (que respeito bastante) que considera que o lance é penalti. Para mim, o espanhol mesmo sendo tocado, procura “cavar” a falta.

Minuto 89: Se o penalti anterior ainda podia oferecer dúvidas, este então é uma “lolada” de todo o tamanho e um sério candidato a penalti mais mal assinalado do ano. Desde os tempos do Mossoró que eu já não via uma simulação destas nos relvados portugueses. É fácil de perceber que este apenas foi marcado, porque o árbitro ficou a “moer” o penalti marcado 4 minutos antes…

Resumindo:
Nos 2 lances em que se diz que o Sporting foi beneficiado, ou fica a dúvida, ou há margem para dupla interpretação. Nos 2 lances em que o Sporting foi prejudicado (ou o Setúbal beneficiado, como preferirem…) não há dúvidas. São dois lances claros. Adrien estava em jogo, e ninguém do Sporting toca no jogador do Setúbal no lance do penalti.

PS: Como o futebol não é apenas (mas também) feito de más arbitragens, queria realçar o pequeno-grande erro de Rojo no primeiro golo do Setúbal. Não sei se Jardim vai ou não puxar as orelhas ao central, mas devia-o fazer. Vejam os primeiros segundos do lance, onde se vê toda a defesa do Sporting a subir para colocar o avançado do Setúbal em offside, enquanto o argentino é o único que recua, deixando-o em jogo…

Link para o 1o golo do Setúbal

Anúncios

One thought on “Dissecando o jogo de Setúbal

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s